Rua Sorocaba 800, CEP 22271-100, Botafogo, Rio de Janeiro, Brasil.

segunda-feira, 8 de abril de 2019

Nise e Jung - Nise e Arte

Programação suspensa. Comunicaremos nova data

 ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

Viva NISE! Atividades na Casa das Palmeiras!



Nascia em Maceió, Alagoas, Nise da Silveira em 15 de fevereiro de 1905. Faleceu em fins de 1999, RJ. NISE vive eterna em sua energia criadora por tantas vertentes pelo Brasil e pelo mundo, uma delas é a Casa das Palmeiras, de portas abertas, em constante criatividade, Botafogo, RJ.


Imagens de algumas das produções nos Ateliês - argila e pintura



Atividade no tear

Colagem e
Floral
   Oficina de preparo para o Carnaval 2019  



" A Casa das Palmeiras é um pequeno território livre" 
Nise da Silveira
Criatividade, atividades expressivas, convívio afetuoso, emoção de lidar e pesquisa.  

sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

Casa das Palmeiras - Aceitando Novos Clientes


               Casa das Palmeiras é um Oasis para quem esteja precisando se reorganizar, emocionalmente. Tendo como base para se readquirir harmonia interna, participar das atividades expressivas.  As que mais tiverem afinidade, as que mais lhe agradar em convívio afetuoso com os Amigos, do dia a dia, na Casa.
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

domingo, 23 de dezembro de 2018

Feliz Natal na Casa das Palmeiras - 62 anos!

Bolo da Aniversário com a alegria de se cantar e aplaudir!
     Há 62 anos, numa bela tarde do Domingo, 23 de dezembro de 1956, foi fundada a Casa das Palmeiras por Dra. Nise da Silveira, com o apoio de quatro mulheres corajosas, e, cercada de muitos amigos e admiradores. Um oásis de criatividade e afeto com emoção de lidar, não perdendo a metodologia da fundadora, se mantém com espírito sempre renovador.
Viva a Casa das Palmeiras !



Encenação do Auto de Natal - nascimento da Criança Divina por uma narradora: - a chegada do Anjo que anuncia a Maria este mistério do nascimento, a presença de José, São Joaquim e Sant’Ana. O nascimento da Criança e a chegada dos Reis Magos do Oriente trazendo ouro, incenso e mirra.
 Sagrada Família! Muita emoção da parte do público.
    
Hoje, com imensa alegria postamos aqui algumas imagens da bela Festa de Natal deste anos, 2018.
       Depois do Auto de Natal --- o Texto de um dos nossos criadores singulares, frequentador deste pequeno território livre e fraterno. Redigido por ocasião dos preparativos para a Festa e apresentado como leitura pelo autor - David.

 O BELÌSSIMO SONHO DIVINAL DO DAVIZINHO

DAVID CRAVEIRO LOPES
20/12 /2018 (5ª f.)

. Ele chegou em casa à meia noite.
. Já era o dia 3 de dezembro de 2018. (2ª feira)
. Davizinho teve um sonho bem longo.
. Sonhou com seu bairro, seu edifício e a igreja.
. Em seu sonho tudo estava modificado para melhor no ambiente em que convive.
. Era de impressionar a onírica veracidade de seu sonho infantil e angelical.
. Quando acordou, o elemento água tornou-se a sua irmã gêmea mais velha.
. No mesmo instante nascia a nenezinha Deus. O próprio. O Davizinho da Glória.
. De lá para cá tem papado tudinho e já tomou vários iogurtes.
. Haja felicidade.
. O bebê está sendo muito querido e mimado por todos no universo inteiro.
. Hoje -> festa de Natal completam 22 dias de deus e de sonho divino do tudinho.
. A natureza há de conservvá-la sempre assim para sempre: linda e angelical.
. Como a nenezinha Deus é chique e angelical.
. Haja visto que ela sonhou com a mãezinha Glória e a Igreja Sagrado Coração de Jesus que fica de frente aonde ela mora, no prédio Luanda, na Rua Benjamin Constant.
. Outros e abundantes sonhos lindos haverão de vir e muita chuva também, com a Graça de seus amiguinhos.
. – Ela riu!
. – Mamãe sonho, pode!
. – Não vou te responder, não!
. – Estou te vendo, héim, mamãe.
.Se Deus quise tudo vai acabar bem. – Só se você ficar bonzinho!
. – Você me alisou!
. – Mas, eu queria ser atleta!
. – Um rato!
. Óoprinum pum.
. – Bá ná naa...!
. – Lalá!
. – Ele riu!
. – Eu fiz xixi!
. Vocês repararam que inspiração pueril Divinal.
. – Da próxima vez, bate com a cabeça!
. – Tinha um maluco que ficava plantando bananeira.
. – Dou babana pra você!
. Feliz Natal e próspero Ano Novo para todos e muito chameguinho com a nenezinha Deus do Natal.
. O nome dela é Letícia.
. – LEMBLÔ!
. – Te queimo com o cigarro, tá garoto!
. – Não dá não, moço, que ele é maluco.
. – O senhor tem um cuzinho!
. – Velho acabado!
. – Gente! Não ( ) guem não que eu sou bebê ainda!
. – Não fiquei lindíssimo com esses óculos cor de – rosa.
. – Banana!
. – Está esperando o namorado?
. – Não! Eu estou trabalhando mesmo!
. – Bem - te - vi!
. Salve o Natal.
. Salve Jesus, o pai da nenezinha Deus.
. Salve o rei Davi.
. Salve Deus.
. E salve a casa das palmeiras.
. Três salvas de palmas para a patinha Mychèlle.
. Até o ano que vem
. Bye. Bye.__

__________________________________

terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Festa de Natal - dia 21 de dezembro 2018


      A Casa das Palmeiras estará aberta para a Festa de Natal
dia 21 de dezembro de 2018 - sexta-feira
a partir das 14h - Rua Sorocaba, 800 -
 aos familiares e amigos/as de sempre.
Ex colaboradores e estagiários/as

Levar um salgado ou um suco. Agradecemos
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~ 

sábado, 15 de dezembro de 2018

Imagens do Inconsciente nas Expressões Plásticas.

                Conceito de Imagens do Inconsciente nas Expressões plásticas.* 

Nise da Silveira aponta alguns aspectos importantes para conceituarmos a noção de imagem do inconsciente nas expressões plásticas. Ao relatar seus achados, provindos da relação direta com seus clientes, comenta:   
       “Mas aconteceu que desenho e pintura espontâneos revelaram-se de tão grande interesse científico e artístico que esse atelier cedo adquiriu posição especial.”  (2015, p. 15 grifos meus)
A espontaneidade se revelou um aspecto essencial na produção dessas imagens, que surpreendem Nise, porque acontecem.  Algo espontâneo se revela, surge, brota. Esse revelar-se espontâneo é um aspecto fundamental do conceito de imagem do inconsciente. Ela acontece naturalmente durante o processo criativo.
Essa noção ocupa um lugar muito especial no método proposto na Casa das Palmeiras, pois requer uma atitude de abertura e acolhimento dessas imagens. Requer acompanhar esses processos espontâneos, dando mergulhos em estados internos, vivos e atuantes. Não interferir nesses processos é um desafio imenso, contudo, mesmo que haja momentaneamente interferências, nota-se que as imagens se impõem, redesenhando formas e situações, movimentando-as.
“Era surpreendente verificar a existência de uma pulsão configuradora de imagens sobrevivendo mesmo quando a personalidade estava desagregada.” (Ibid.)
A ideia de uma pulsão configuradora remete a imagem de algo que se movimenta, que pulsa. Em nossos ateliers observamos profundas relações entre os estados internos e as produções dos clientes.  Percebemos esse movimento em nuances de cores, formas, figuras, traçados que expressam ricamente os mais diferentes estados do ser.
Essas produções simbólicas, em sua maioria se repetem, quer em temas, quer em figuras ou abstrações. Processos abstratos e figurativos são aspectos plásticos básicos nessa linguagem que compõem formas e sentidos.
Na Casa das Palmeiras encontramos obras figurativas em abundância. Há também aquelas obras que parecem estar num estado intermediário, transitando entre o figurativo e o abstrato ou entre ‘integrar’ e ‘dissolver’. E entre as formas figurativas observamos a presença significativa dos geometrismos, quer isoladamente ou compondo a estrutura como um todo da imagem.
Sem dúvida as imagens do inconsciente são de profunda riqueza simbólica. Encontra-se nessas produções, imagens dramáticas, enigmáticas, infantis, eróticas, primitivas. Na França essas produções foram incluídas entre o que se chamou de Arte Bruta, tendo no Brasil recebido o nome de Arte Virgem (denominação de Mario Pedrosa, crítico de arte, que muito apoiou a obra de Nise da Silveira).
*Patricia Amaral Motta. Psicóloga. Coordenadora de Psicologia da Casa das Palmeiras – RJ.
Referência bibliográfica:
SILVEIRA, Nise. Imagens do inconsciente. Petrópolis, RJ: Vozes, 2015. 







 Arquivo das produções no Atelier de desenho e pintura - 
trabalhos recentes e antigos - Casa das Palmeiras.

segunda-feira, 26 de novembro de 2018

Seja um doador - Padrinho - Madrinha da Casa das Palmeiras


Seja Padrinho/Madrinha da Casa das Palmeiras

        A Casa das Palmeiras resiste desde sua fundação - 1956. Centro de convivência afetiva, atividades expressivas e pesquisa. Sobrevive de doações dos clientes/usuários, poucos sócios, fiéis amigas/os e admiradores de Nise da Silveira/ sua fundadora com outras três corajosas mulheres: Maria Stela Braga, psiquiatra; Belah Paes Leme, artista plástica e Ligia Loureiro, assistente social. Diretoria, colaboradores e estagiários/as são voluntários. Dois funcionários remunerados, mais o contador. Temos certificado de entidade beneficente de assistência social
Temos o Certificado de Utilidade Pública. A Instituição precisa manter se produtiva.
        Seja um doador - qualquer quantia é bem vinda - nossa conta:
CASA DAS PALMEIRAS - (CNPJ 33.808.486/0001-48)
Banco Itaú –
Agência: 9161 - Conta 09906-5.
             
Informações: Tel. (21) 2266-6465 (das13h30 às 17h – 2ª a 6ª feira)
- Agradecemos com Emoção de Lidar
Rua Sorocaba, 800 – Botafogo, Rio de Janeiro/ RJ. 
[Balanço de contas mensal na secretaria].                                                                                                                                                   
Visite nossas páginas para ver seu funcionamento –
Um pouco do acervo rico em imagens pictóricas - modelagem - artes aplicadas -
criações que brotam do inconsciente.